15 de abril de 2018

Final girls



 Autor: Riley Sager
Género: Thriller
Idioma: Inglês
Páginas: 352
Editora: Dutton (Kindle)
Ano: 2017
ISBN: B01MCXUTIU
---


Há uma década, Quincy e uns amigos foram para uma cabana no meio da floresta. Em Pine Cottage viveram um pesadelo, do qual apenas Quincy saiu com vida. 

Quincy juntou-se assim a um exclusivo clube com duas outras sobreviventes de situações semelhantes, ganhando uma alcunha orelhuda, em tributo aos filmes de terror onde apenas uma jovem rapariga sobrevive ao massacre: Quincy é uma final girl

Dez anos passados, Quincy seguiu, aparentemente, em frente. Tem um blog bem-sucedido, um namorado dedicado e um amigo precioso - o polícia que a salvou em Pine Cottage, e que se manteve ao seu lado todos estes anos; sofre ainda de amnésia selectiva sobre o que se passou na noite do massacre, e aprendeu a viver com isso. De um dia para o outro, a sua existência pacífica é revirada quando Lisa, uma das três final girls, é encontrada com os pulsos cortados; e Sam, a outra final girl, lhe aparece à porta. Não há xanax que a ajude a lidar com tudo isso.

O livro demora um pouco a arrancar e está longe de ser uma leitura exigente, mas as personagens são interessantes, a história é credível e o suspense é constante. Há muitos detalhes, algumas reviravoltas - mais ou menos previstas -, mas rapidamente nos vicia - eu li o último terço do livro em algumas horas, já passada a hora recomendada de deitar (não me acontecia há muito tempo); a curiosidade em saber quem era o assassino era muita. Valeu a pena.

Final girls é um excelente thriller, um dos melhores que tenho lido ultimamente.  


*****
(muito bom)

27 de janeiro de 2018

Bedbugs



Autor: Ben H. Winters
Género: Thriller
Idioma: Inglês
Páginas: 260
Editora: Quirk Books (Kindle)
Ano: 2011
ISBN: B004J4X76C
---


Cansados de viverem num cochicho, Susan e Alex mudam-se com a filha pequena para um duplex duplamente maravilhoso - tanto em espaço como em preço.  

A proprietária é uma velhota excêntrica que parece genuinamente feliz em tê-los como inquilinos. Viúva, aparece frequentamente para verificar se está tudo bem, e envia amiúde um amigo de longa data, que faz uns biscates como faz-tudo, para reparar pequenas coisas. 

Susan está no sétimo céu, mas fica alarmada quando as notícias dão conta de uma praga de percevejos um pouco por toda a cidade; o alarme dá lugar à histeria quando acorda um dia com o que parece ser uma picada e toda a gente com quem fala parece minimizar o facto. Pouco a pouco, Susan fica convencida de que há uma infestação de percevejos no apartamento. Ninguém acredita nela, mas ela sabe que tem razão - afinal já soma três picadas, que agora são feridas enormes de tanto serem coçadas. A exterminadora não encontra nada e o médico acredita que Susan está a alucinar, mas a situação vai piorando e uma Susan insomne já não pensa noutra coisa, obcecada em acabar com uma infestação cujos únicos efeitos são visiveis apenas nela mesma.

A acção do livro avança devagar mas a meio da história já estamos seduzidos. É um livro bastante visual, com um bom ritmo e que nos deixa na dúvida até ao fim; bom thriller.  


****
(bom)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...